Mark Certo:    Faça seu Web Site   |   Hospede seu Web Site   |   Loja Virtual  |   Automação Comercial  |   Assessoria
 
clique play para ouvir as músicas
E-Mail:   Senha:  
 
Ainda não sou cadastrado Esqueci a senha
 
Saiba Mais
Raul Seixas
Billy Seixas
Cultura Saber
Sobre o Fã Clube C S
Apostilas Os Chakras
Profecias
Estado Incognoscível
Diz o Mestre Raul Seixas
Homenagens
Bibliotéca
Astrologia / Horóscopo
Sobre as Músicas Billy Seixas
Sociedade Alternativa
P A Som / Camarim
TaroAstro
Aprendendo Sobre Sexo
Curso G P Gestão de Pessoas
Negocios de Sucesso Online
Você quer Ter Saúde?
Aprendendo a Tocar Violão
Serviços & Recursos
Agenda / Calendário
Galeria de Imagens
Galeria de Vídeos
Cadastro | Sou Fã
Bibliografia
Fórum
Links Úteis
Notícias & Curiosidades
Parceiros
Fale com o Billy
 
 
 
 
28/04/2012
Pai Nosso da Mente
Seguidor, Músico, cantor, compositor, escritor, ator e roteirista de dois filmes inéditos.
saiba +
 
 
Raul Seixas | Biografia de Raul Seixas
Biografia de Raul Seixas  

O Embaixador do Seu Próprio País

Raul Seixas História Viva!

Em 1945, Salvador, Bahia.
Nascia um guri, que por azar, tinha o seu pé, dois meses mais velho, por ter nascido primeiro. Quinze anos depois começa a sua história no mundo da música.
Bahia! Feira da Indústria e Tecnologia. Boçais e donas de casas fascinadas por eletrodomésticos e pelas coisas da vida.

Nessa feira, tocava algumas bandinhas. Entre elas havia uma banda tal: Raulzito e “seus Panteras”. Um moleque que colecionava compactos de diversos artistas da época como; Jimy Hendrix, Elvis Presley, John Lennon, Little Richards e muitos outros, nessa fascinação após os textos Bíblicos de M. Thor.
Pensou!

- Quero ser uma grande Metamorfose Ambulante...!
Ele que estraçalhou com as regras do bom comportamento e a partir da singularidade de suas obras, destoado da pasteurização e da corrupção estrelosa que sempre caracterizou a sena local, entre o oportunismo e o sensacionalismo.

Embora já traquejado através de “seus Panteras”, marcado por sua infernal apresentação no fico em 1972, o Mestre apareceu para o grande público apenas em 1973 com Krig-há, Bandolo. Um dos mais importantes álbuns do Rock Brasileiro.

Naquela instância representou o contraste absoluto perante a ressaca, da tropicália. O pretensioso experimentalismo e o sub-progressismo que tentava mudar o Rock.

Assim como Ataúde no teatro, ele surgiu como barbárie, pelo prazer em transgredir na metafísica e nas dialéticas o grande vodu da sociedade ou o quase ateu, não sujeito a denominação e sua mortal conduta.

Em seu rito musical cultural que acreditou e desacreditou de tudo, pregou a amplidão da Liberdade para a sociedade e ofereceu rosas para aqueles que falharam em seu caminho.

A essência da grande Metamorfose Ambulante, da sua, da nossa Sociedade Alternativa, entre o místico e o ético, o sagrado e o profano, flagrou a trajetória do nosso País entre mínimos detalhes.

Correndo a história ou o que a ela pertencia, o nosso Mestre sacou com o fascismo da direita, hostilizou da esquerda, debochou dos ídolos dos sistemas, desfigurando-os em sua própria imagem.

Sartilizou a inocência do protesto! Chegou a ser hermético e mítico quando precisou, ou seja, quando a mídia destampou a sua ditadura que revisitou Don Ruan Dela Cruz, Wilian Black, Jorge Luiz Borges, Aleister Crowley e por vezes, curtiu ao analisar o mundo pela ótica cartiliana.

Surgiu! Foi contraditório porque nada mais que ninguém, sabia que não existia criatividade sem contradição.

Indomável ao seu fio condutor, sempre foi uma figura inteligente e autentica e jamais se rendeu ao monstro sist, o qual representa a figura no colo da aliança entre a política e a religião.

Percebendo as mudanças fantoches do poder, como dizia André Greede:
_ “Todas as coisas já foram ditas, mas como ninguém, é preciso escutar, recomeçar sempre”.

Desequilibrou a pasmaceira, sucesseira de gente nos anos 80. Com o grito primário desafiador do Rock n Roll.
 
No entanto, a maior lenda viva do Rock n Roll de todos os tempos, engajado como os Back Growds, a perfeição deu em um só canibal.
Coisa de Mestre e Discípulo.

Com vocês. Ele...  Raul Seixas.

VOTE NA ENQUETE

 

 
 
Fã Clube Cultura Saber - Billy Seixas O Discípulo de Raul Seixas
© 2018 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px
Projetado e Desenvolvido:
MARKCERTO - Qualidade Interativa