Mark Certo:    Faça seu Web Site   |   Hospede seu Web Site   |   Loja Virtual  |   Automação Comercial  |   Assessoria
 
clique play para ouvir as músicas
E-Mail:   Senha:  
 
Ainda não sou cadastrado Esqueci a senha
 
Saiba Mais
Raul Seixas
Billy Seixas
Cultura Saber
Sobre o Fã Clube C S
Apostilas Os Chakras
Profecias
Estado Incognoscível
Diz o Mestre Raul Seixas
Homenagens
Bibliotéca
Astrologia / Horóscopo
Sobre as Músicas Billy Seixas
Sociedade Alternativa
P A Som / Camarim
TaroAstro
Aprendendo Sobre Sexo
Curso G P Gestão de Pessoas
Negocios de Sucesso Online
Você quer Ter Saúde?
Aprendendo a Tocar Violão
Serviços & Recursos
Agenda / Calendário
Galeria de Imagens
Galeria de Vídeos
Cadastro | Sou Fã
Bibliografia
Fórum
Links Úteis
Notícias & Curiosidades
Parceiros
Fale com o Billy
 
 
 
 
28/04/2012
Pai Nosso da Mente
Seguidor, Músico, cantor, compositor, escritor, ator e roteirista de dois filmes inéditos.
saiba +
 
 
Cultura Saber | Continuação do Roteiro do Filme 09
Continuação do Roteiro do Filme 09  

Imagem:

- (OFF) O Librino visita Wotan e juntos na fazenda com a deusa Câncera e com a deusa Taurina.
No meio da criação dos animais Librino passa Mal e morre.

O Rei já consciente do acontecimento aparece entre eles magicamente, e pede para Eles velarem esta morte em segredo para não assustar as pessoas que não têm o Espírito da consciência de Deus. E logo o Rei substitui este também incógnito. (quinto).

Outra reunião e palestra.

- (OFF) O Rei abre falando como sempre.
Assim Librino Vênis nos representa o Pêndulo, o qual é a própria Força do Bem e do Mal físico, representando as pessoas que estão fora da Escada, lutando para conquistar o poder separado do Bem ou do Mal, onde muita gente tenta conquistar este poder de liderança onde está Librino. Mas, Para que outro entre em seu lugar, Librino precisa morrer, porque esta é a lei do Pêndulo em forma da reprodução da espécie física, e, todos os que entrarem neste governo será batizado pelo nome do primeiro que é o Librino Vênis.

E durante o período do filme acontecem sete mortes e todos serão substituídos por homens escolhidos do Reino do ser gente, e, estes deverão ser escolhidos pelo Rei O Mago.
Notamos que no meio da trajetória de várias mortes, surge uma pergunta sobre o porquê de essas pessoas morrerem!
E quem pergunta é Wotan para o Léo Solene durante uma oportunidade no meio da reunião, e Ele explica com clareza o porquê, dizendo:

- (OFF) As folhas das árvores estão na Lei do Pêndulo.
Veja, para que outras nasçam as primeiras terão que desistir de viver para a permanência da espécie, através da geração mutilar.
- (OFF) Veja também que o sol físico se põe, porque a noite aparece, ou, a noite se recolhe porque o sol é o fogo que se renova por si próprio e ressuscita, todos os dias para o ser gente ter noção da existência da Lei do Pêndulo.
Porém, as folhas só possuem um tempo mais demorado para se retirarem e se reproduzirem.

A pergunta de Wotan!
- (OFF) Wotan:
Por que as pessoas comuns e correntes vivem nesse ciclo de nascer e morrer?

- (OFF) Léo Solene:
- (OFF) Porque existe uma oportunidade conhecida como meio; chamada transmigração de corpos, onde a pessoa troca de corpo como se troca de roupas.
Porém, tudo isso é por motivo do apego à existência, por meios de querer dominá-la, e a pessoa continua adormecida e transmigrando de um corpo para outro.
Compreendendo isso podemos saber que de acordo ao nível de pensamentos da pessoa, ela está submetida a nascer como homem, ou, como várias outras espécies.

No entanto, o ser gente não deve temer a morte de ninguém e nem a própria, porque se um ser gente de carne e osso perecedor morreu, ele também morrerá.
O homem é mortal, os filhos que ele concebe também morrerão.
A morte é certa para todos os seres vivos.
Veja que todo ser gente possui, em projeção, a sua sombra por toda vida, porque a vida e a morte parece ser antítese! Porém, Auto-equilibrada, criam-se uma perfeita mente espiritual em auge dualístico, cuja expressão, numa síntese por experiência sólida, termina em uma única força.

- (OFF) E Léo Solene torna a se retirar da mesma maneira em que se retirou antes.
- (OFF) O Rei continua

- (OFF) Assim Escárpina Mártir representa a ignorância, a boa Thelema ou bondade e a paixão, ou ainda, o ativo, o passivo e o neutro, o ser que julga a si mesmo mediante os atos de sua própria mente.
Escárpina é uma Estrela perfeita que nos revela a imperfeição do ser gente, como por exemplo, Ela mostra o homem que trabalha com o corpo de carne, outro que age com a mente e outro que luta com a inteligência do Espírito.
Porém, Ela domina a sua mente por julgá-la como um inimigo próprio e para não perder o controle de sua vida e dar conta de sua Missão.

- (OFF) Escárpina mantém silêncio.

- (OFF) O Rei continua.
Assim Sagínero Jeiper representa o começo da vida do ser que queira conquistar o Auto-equilibrio da Vida Espiritual até mesmo antes de iniciar-se como um discípulo de um mestre físico.
- E assim Sagínero se expõe com sua consciência dizendo com ênfase.

- (OFF) Todo homem que procura a verdade deve-se primeiramente compreender como suportar o insulto e a desonra que vem da parte do ser gente comum e corrente, porque o Reino do ser gente é criado mediante um período caótico, e tudo que vem dele não é de se assustar porque ele é constituído assim de maneira cega por ser nascido do meio da fumaça (dos pecados capitais).
Portanto, o ser gente deve possuir uma estabilidade determinada a progredir na vida Espiritual, sem dar aberturas ou poder de acesso que seja prejudicial ao seu desenvolvimento interior.

Mas, o controle ainda maior deve nascer, com sabedoria, do poder da língua, porque quem controla Essa, possui o todo poder para controlar todos os sentidos do corpo físico.
- (OFF) Assim salta do seu lugar Wotan e pergunta a Sagínero o motivo pelo qual as pessoas comuns sofrem até mesmo antes de nascer.

- (OFF) Sagínero responde.

- (OFF) O homem precisa compreender tudo sobre o sofrimento de “aceitar a vida física” mediante o nascimento, morte, velhice e doença, porque tudo isso é sofrimento, e o pior é dentro do corpo da placenta ou da mãe onde o feto sofre como um escravo durante nove meses de aperto e sufoco.

- (OFF) Wotan torna a perguntar.

- (OFF) E por que o ser gente tem que adoecer, tem que envelhecer e depois ele morre...?
- (OFF) Com consciência responde Sagínero.

- (OFF) Sabemos que ninguém deseja adoecer-se, e nem tão pouco se envelhecer, como também, ninguém quer morrer; mas, não tem como fugir desta Natureza fatal chamada de tempo físico, se não andarmos na Escada da vida.
E quanto a sua pergunta, apresso a respondê-la dizendo que se não existisse esta Natureza, como um desígnio da Lei do tempo, na ação do Pêndulo, considerando os sofrimentos do corpo, desde o nascimento até a morte, obviamente não haveria impulso inteligente para buscarmos o resultado na vida Espiritual.
Você não compreende a trajetória de Librino Vênis na Lei do Pêndulo?

- (OFF) Wotan balança a cabeça afirmando que sim.

- (OFF) Pois bem, Este não tem começo e nem fim para o ser gente que está caminhando fora da Escada Sagrada, e, Ele está subordinado ao Rei O Mago, o Espírito de pura Luz que se encontra além da causa e do efeito deste mundo físico tridimensional.

Veja que no corpo físico do ser gente há nove janelas que devem ser compreendidas para o princípio do Equilíbrio do ser que será guiado por um Mestre Espiritual.
São os dois olhos, os dois ouvidos, as duas narinas, a boca, o genital e o ânus.
Compreendendo sobre este poder físico o iniciado poderá dominar o seu corpo, compreender sua mente, viver o auge do Espírito que age sobre o seu corpo de carne proporcionando Paz mental na vida aqui na Terra.
Criar e viver em seu Paraíso Mental etc.

 
 
Fã Clube Cultura Saber - Billy Seixas O Discípulo de Raul Seixas
© 2017 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px
Projetado e Desenvolvido:
MARKCERTO - Qualidade Interativa