Mark Certo:    Faça seu Web Site   |   Hospede seu Web Site   |   Loja Virtual  |   Automação Comercial  |   Assessoria
 
clique play para ouvir as músicas
E-Mail:   Senha:  
 
Ainda não sou cadastrado Esqueci a senha
 
Saiba Mais
Raul Seixas
Billy Seixas
Cultura Saber
Sobre o Fã Clube C S
Apostilas Os Chakras
Profecias
Estado Incognoscível
Diz o Mestre Raul Seixas
Homenagens
Bibliotéca
Astrologia / Horóscopo
Sobre as Músicas Billy Seixas
Sociedade Alternativa
P A Som / Camarim
TaroAstro
Aprendendo Sobre Sexo
Curso G P Gestão de Pessoas
Negocios de Sucesso Online
Você quer Ter Saúde?
Aprendendo a Tocar Violão
Serviços & Recursos
Agenda / Calendário
Galeria de Imagens
Galeria de Vídeos
Cadastro | Sou Fã
Bibliografia
Fórum
Links Úteis
Notícias & Curiosidades
Parceiros
Fale com o Billy
 
 
 
 
28/04/2012
Pai Nosso da Mente
Seguidor, Músico, cantor, compositor, escritor, ator e roteirista de dois filmes inéditos.
saiba +
 
 
Curso G P Gestão de Pessoas | Não Pegue o Espírito Errado
Não Pegue o Espírito Errado  
Apesar de estarmos na terceira dimensão, vivemos num mundo dual, biforme ou paralelo. Veja que para nascer o fruto da semente é preciso que esta se transforme dentro da terra. Assim aconteceu com todos nós e continua acontecendo sobre esta evolução entre a “vida e a morte, à noite e o dia, o preto e o branco...”.

Uma palavra boa traz bons frutos, uma palavra má traz frutos maus. Ou seja, uma boa ação gera uma ótima reação.
A mente cria as coisas, a coisa não cria mais coisas. No entanto, todo o estado de espírito reflete no corpo de cada um, como a tristeza, a alegria... É nada mais, que a manifestação da sua mente, polarizada na energia que te leva para tal estado.

Essa polaridade também segue na criação para a permanência sucessora da prole. É preciso dois pólos: masculino e feminino para gerar a vida, aqui na terceira dimensão. Porque na quarta dimensão e outra, basta uma palavra, e, você pode agir assim aqui, nessa dimensão, basta equilibrar sua vida através da mente espiritual com convicção e fé no poder incognoscível dentro de você.

_ “E levou-me em espírito a um grande e alto monte e mostrou-me a grande cidade, a santa Jerusalém, que de Deus descia do céu”. Apocalipse 21:10.

O homem espiritual que aprendeu a viver com Deus em seu amor pleno, não é conforme nem disforme, não perturba e nem é perturbado, não é triste e nem é feliz, não está na esperança e nem na ansiedade, não sofre a dor e nem vive prazer, não está nos ganhos e nem vive as perdas... Porque está no eixo, está fora do ritmo da dualidade, mas, está sobre a força viva salutar do extremo equilíbrio, que há no eixo do conhecimento reto entre a carne e o espírito.

_ “Então, Elias se chegou a todo o povo e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o SENHOR é Deus, segui-o; e, se Baal, segui-o. Porém o povo lhe não respondeu nada”. Reis 18:21.
Observe esta passagem de dois monges (autor desconhecido):

Certo dia dois monges andavam sobre um bosque e de repente encontram uma mulher passando mal sobre uma calçada e um deles toma-a sobre o colo e a deixa no primeiro posto de saúde depois de caminhar uns cem metros com ela sobre seus braços. Bem, eles são considerados limpos, puros por não tocarem em mulheres, mas, mediante essa necessidade um deles foi obrigado a quebrar sua promessa por amor ao próximo.

Lindo gesto. Mas, o outro ficou muito comovido pela atitude de seu irmão, por ter quebrado a sua promessa. Depois de quinhentos metros de caminhada o outro disse para o irmão:
_ “Irmão, você tocou e carregou aquela mulher nos seus braços”!

Com sabedoria o irmão lhes respondeu:
_ “Eu a carreguei por apenas cem metros, mas você continua carregando-a”.
Veja! Como é fácil ser burro! Como é fácil deixar ser contaminado.

O irmão monge que carregou a irmã não a tinha em seu coração como um ato de impureza ou de outra atitude qualquer, mas, o outro irmão tinha enchido o seu coração de maldades e de pensamentos perturbadores... Pois, se polarizou com a imagem da mulher em sua mente desenfreada.

Oh! Deus! Ajuda-nos Senhor a compreender a sua palavra.

É a mesma coisa quando alguém bota um apelido em um amigo de sobre um grupo, onde todos vão beber da mesma energia, sobre o espírito de zombaria que faz e vivem a diminuir os outros. É fácil pegar o espírito errado.

Livro: A Manifestação de Deus
Todos os Direitos Autorais Reservados
 
 
Fã Clube Cultura Saber - Billy Seixas O Discípulo de Raul Seixas
© 2018 - Todos os direitos reservados
Melhor visualizado em 1024px / 768px
Projetado e Desenvolvido:
MARKCERTO - Qualidade Interativa